Três erros feios numa frase curtíssima

O site “Verdão Web” é campeão de erros de português. Maltratam a nossa língua sem dó nem piedade. Numa só frase, erraram a grafia de “contra”, “jogar” e ainda esqueceram de inserir um artigo antes de 60º. Corrigindo: Contra o Santos, Dudu pode jogar o 60º clássico de sua carreira. Será que precisa consultar o VAR? Notícia visualizada em 13/03/2022.

Qual a forma correta: “à Deus” ou “a Deus”?

O site “Aventuras na História” tem protagonizado muitos erros em seus artigos. No dia 18 de novembro de 2020 publicou uma matéria, sem dúvida, bem interessante a respeito do caso “Escola Base”. Porém vacilou no uso da crase. Antes de palavra masculina não vai crase. Portanto, o certo é “buscar a Deus”. Aproveitando, nunca escreva “agradeço à todos”; o certo é “agradeço a todos”. Notícia visualizada em 09/03/2022.

Releia sempre o que redigiu!

A notícia veiculada por Aventuras na História diz que Hiroshi Mikitani é o “fundados” da varejista Rakuten, em vez de “fundador”. Trocar uma letra na hora de digitar é para lá de comum. A questão não é escrever errado, mas não reler o que redigiu! Notícia visualizada em 27/02/2022.

Em tempos de guerra…

“Mim vencer!” Mais uma do Extra… Dessa vez o pecadito foi um “r”. Então, corrigindo: “Tenista russo vence partida em Dubai e deixa mensagem de paz”. Embora o tenista seja russo, o jornalista é brasileiro. Faltou atenção do revisor. Notícia visualizada em 25/02/2022.

Atlhetico “empara” com o Palmeiras

Vacilo do G1. Aí vão pôr a culpa no pobre do estagiário… Pode isso, Arnaldo?! Faz lembrar o ano de 2006, quando o jornal “Tribuna de Alagoas” publicou na primeira página, em letras garrafais: “BOTAGOFO CAMPEÃO! BOTAGOFO CAMPEÃO! BOTAGOFO CAMPEÃO!” Isso passou batido pelo revisor, pelo editor-chefe e pelo diagramador. Notícia visualizada em 06/12/2021.