Author : Marcos Antonio Fiorito

Estratégias para elaboração de TCC

Ataque a escola ou à escola?

O emprego ou não da crase continua sendo um problema para a maioria dos brasileiros, inclusive para aqueles que teriam, a fortiori, obrigação de conhecer melhor a respeito. Notícia do G1 de hoje diz: “Adolescente usou arma de pai em ataque a escola na Bahia; delegado investiga participação dele em outros casos”. O erro está tanto na chamada quanto na notícia propriamente dita. Ou seja, houve cochilo do autor e do revisor (se é que há um revisor de notícias no G1…). Corrigindo, o correto é empregar a crase: “… em ataque à escola”. Uma regrinha fácil para saber se vai ou não crase nesses casos, será substituir a palavra feminina por uma masculina; se couber “ao”, então vai crase. Veja: “… em ataque ao colégio”. Notícia visualizada em 27/09/2022.

Antes de nascerem ou antes de nascer?

No dia 26 de setembro, o portal R7 publicou uma chamada com erro de concordância: “Com dias de vida ou antes nascerem, filhos de famosos fazem sucesso”. À primeira vista está tudo certo, o sujeito é “filhos” e, portanto, concorda com “nascerem” e com “fazem”, no entanto, só o verbo fazer deve concordar com filhos, nascer permanece no infinitivo singular. Invertendo a frase, veremos como fica: “Filhos de famosos fazem sucesso dias antes de nascer.” Na língua portuguesa, quando diz respeito ao mesmo sujeito, só o primeiro verbo deve ir para o plural, o segundo permanece no singular. Tanto isso é verdade, que a pessoa que fez a revisão corrigiu o título na matéria principal, mas cochilou e esqueceu de corrigir na chamada. Confira na imagem acima. Notícia visualizada em 26/09/2022.

Para encerrar, temos uma frase bíblica que ilustra bem essa questão: “Construirão casas para nelas morar, plantarão vinhas para comer seus frutos” (Is 65, 17-21). Note que não está dito: “para nelas morarem, já que o primeiro verbo foi conjugado no plural: “construirão”. O mesmo no que diz respeito à segunda parte: “plantarão vinhas para comer seus frutos”, em vez de “comerem seus frutos”.

“à seco” ou “a seco”?

Seja lá o que significa construção a seco, como já comentado aqui anteriormente, não vai crase antes de palavra masculina. Por isso não se pode dizer “agradeço à todos”, “agradeço à Deus”, etc., formas muito comum de serem encontradas por aí. Portanto, o certo é “construção a seco”. Não se trata, obviamente, de uma notícia, mas vale a pena postar aqui como exemplo vacilo no português. Cartaz visualizado em 25/06/2022.

E o emprego da crase continua sendo uma dificuldade…

“Em meio a crise”. Notícia da UOL que também não foi revisada. Ou o jornalista não sabe fazer uso da crase. O sentido é de “No meio da crise”, logo, a letra a tem que ser craseada. Notícia visualizada em 09/05/2022.

Três erros feios numa frase curtíssima

O site “Verdão Web” é campeão de erros de português. Maltratam a nossa língua sem dó nem piedade. Numa só frase, erraram a grafia de “contra”, “jogar” e ainda esqueceram de inserir um artigo antes de 60º. Corrigindo: Contra o Santos, Dudu pode jogar o 60º clássico de sua carreira. Será que precisa consultar o VAR? Notícia visualizada em 13/03/2022.

Qual a forma correta: “à Deus” ou “a Deus”?

O site “Aventuras na História” tem protagonizado muitos erros em seus artigos. No dia 18 de novembro de 2020 publicou uma matéria, sem dúvida, bem interessante a respeito do caso “Escola Base”. Porém vacilou no uso da crase. Antes de palavra masculina não vai crase. Portanto, o certo é “buscar a Deus”. Aproveitando, nunca escreva “agradeço à todos”; o certo é “agradeço a todos”. Notícia visualizada em 09/03/2022.